OBJETIVOS E ENGAJAMENTO SOCIAL

​CULTURA VIVA

“A pessoa conscientizada tem uma compreensão diferente da história e de seu papel nela.

Recusa acomodar-se, mobiliza-se, organiza-se para mudar o mundo.”

Paulo Freire

AÇÕES
1

CONSTRUÇÃO  DO PLANO MUSEOLÓGICO 

Divulgar os acervos inventariados e as metodologias de inventário participativo desenvolvidas pelo Ecomuseu do Cipó em memória e museologia social, de forma a garantir a sua preservação, envolvendo a comunidade com suas histórias, afetos, sonhos e desejos.

2

COMUNIDADE E DEFESAS

Garantir o direito à memória às comunidades, grupos e sujeitos locais historicamente excluídos; Reconhecer, respeitar e valorizar as diversidades, especificidades e potencialidades das comunidades da Serra do Cipó, priorizando o desenvolvimento local e visando à sustentabilidade e o ambiente; Promover o desenvolvimento de um olhar crítico sobre o mundo, implicando na compreensão da importância do ambiente, da cultura e da biodiversidade da vida humana.

3

Fomentar a participação de diferentes representações locais, por meio de ações de curto, médio e longo prazo, relacionadas com a museologia social e suas interfaces com a História, Arqueologia, Arte, Ambiente, Educação e o Turismo; Adotar metodologias de conhecimento sistêmico do território como garantia da relação entre memória social, ambiente e sustentabilidade.

DIALÓGO ENTRE TODOS OS SETORES

O Ecomuseu do Cipó, através da sua rede de projetos integrados, convida a todos para conhecerem o conceito de “cultura viva” que alia o passado com o presente, criando uma abordagem vanguardista na interlocução entre comunidades, empresas e a sustentabilidade comercial e turística na Serra do Cipó.

Dessa forma, estamos abertos para novos apoiadores e patrocinadores dessas ações.  Ressaltamos que as leis de Incentivo à Cultura têm se apresentado como uma boa opção para as empresas que desejam realizar o marketing cultural, uma vez que são grandes os benefícios resultantes do uso deste mecanismo, proporcionando de 30% a 100% de isenção no pagamento de impostos.

 

Atualmente o Ecomuseu realiza as seguintes ações: 

MÚSICA

NA SERRA  

Criado em 2005 para a salvaguarda 

da memória local e a história relacionada à origem das comunidades da região, da Estrada Real e de Minas Gerais.

ESPAÇO CULTURAL NHÁ RITA

Narrar uma história que vire uma criação musical; os mais velhos relembrando canções antigas e “quase” esquecidas; os jovens contando o que fazem e crianças inventando o futuro.

ROTA DO OURO E DOS DIAMANTES 

INVENTÁRIO COMUNITÁRIO

CIPÓ

FAZENDA CAFÉ 

REFAZENDA CULTURAL

Boletim 

Cipoal de Ideias

Tudo caseiro, feito pelas mãos dos moradores, servido na Casa Colonial da Fazenda do Cipó. 

Momento especial podendo contar com a presença de personalidades locais e manifestações artísticas da região.

Encontro das manifestações folclóricas e culturais da região da Serra do Cipó, espaço aberto para a circulação de saberes e tradições. 

Propõe uma pesquisa sociocultural e histórica dos documentos referentes aos primeiros anos da capital mineira - Belo Horizonte e a Serra do Cipó.

Incentivar o papel protagonista das comunidades, recuperando tradições e informações históricas das populações locais, suas origens e procedências.

FUNCIONAMENTO

Ecomuseu online:

Segunda a Sábado (9h às 17h) 

 

Espaço Cultural Nhá Rita: Segunda a Sexta (9h às 11h)

Sábado (9h às 17h)

 

 

 

ENDEREÇO

Fazenda do Cipó - Serra do Cipó

Rodovia MG10, Km 94

Distrito de São José do Almeida

35.835-000

Jaboticatubas, MG

 

ecomuseudocipo@gmail.com 

TEL | WHATSAPP

031 - 99741 1065
031 - 3080 6452

ESCREVA PARA NÓS:​

CONECTE-SE CONOSCO:​​

  • w-facebook
  • White YouTube Icon
  • w-googleplus
  • Twitter Clean

VISITAS MEDIADAS 

 

Recebemos grupos e escolas em visitas mediadas. Marcando com antecedência é possível desenvolver pacotes personalizados, com alimentação e hospedagem, inclusive atendendo a demandas em diversas áreas: competências escolares, artísticas, lazer, religiosas e/ou pedagógicas.

@2018 criado pelo Ecomuseu do Cipó e ONG Baí - Educação, Cultura e Ambiente